Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Itueta realiza "VII Conferência Municipal de Saúde"
Início do conteúdo da página

Itueta realiza "VII Conferência Municipal de Saúde"

  • Publicado: Sexta, 28 de Julho de 2017, 21h18
  • Última atualização em Sexta, 28 de Julho de 2017, 21h23

Com o tema “Direito e Deveres dos Usuários", foi realizada nessa última quinta-feira (27), a VII Conferência Municipal de Saúde – Itueta 2017. A solenidade reuniu no Salão Paroquial da Igreja Católica de Quatituba servidores da saúde no município, representantes de Conselhos e Associações, lideranças políticas e religiosas do município e a comunidade em geral.

O Prefeito Valter Nicoli esteve representado pelo assessor, Ricardo Costalonga e deixou uma mensagem de congratulação a todos os organizadores e colaboradores pelo trabalho desenvolvido no município. Estiveram presentes no evento a secretária Géssica Magalhães, da Assistência Social, os vereadores Carlos Elias Baldon, Fernando Piske, Genivaldo Campos e Reginaldo Lenke e o vice prefeito e atual secretário de saúde de Aimorés, Jefferson Batista.

O Secretário Municipal de Saúde de Itueta, Deguimar Ferreira dos Rêis, deu as boas vindas ressaltando a importância da unicidade de todos os seguimentos no sentido de avaliar e corrigir as propostas antigas e redefinir metas de fortalecimento da saúde pública de Itueta.

O evento seguiu debatendo os eixos temáticos: "Assistência Farmacêutica" - Professor Juan Moisés Zonis, "Vigilância em Saúde" - Luíz Patrício Neto, "Influência da "Questão Social na Saúde" - Monique Salomão e Daniela Baldon, "Situação Atual do Município" - Deguimar Ferreira e a palestra magna "Saúde Pública de Qualidade e o Eixo dos Direitos e Deveres dos Usuários" - Edmar Teixeira da Silva.

A Conferência seguiu com o debate dos temas apresentados nos grupos de trabalhos que posteriormente apresentaram as propostas para a plenária colocando assim em pauta para votação dos delegados.

O evento proporcionou a eleição do Conselho Municipal de Saúde para o biênio 2017/2018, elegendo representantes do setor público de saúde, entidades religiosas e representantes dos usuários através de associações e sociedade civil organizada.

“Estamos criando uma perspectiva positiva para o município, porque os números estão provando que as coisas mudaram para melhor, sinalizando que estamos fazendo um bom trabalho e alcançando todos os objetivos. Com isso, garantimos uma saúde pública de qualidade para que possamos cuidar bem de nosso município”, afirmou o assessor Ricardo Costalonga.

registrado em:
Fim do conteúdo da página